O Despertar de um sonho

O Despertar de um sonho

DESPERTARAM

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Noites Brancas



"Meu Deus! Um minuto inteiro de felicidade! Afinal, não basta isso pra encher a vida inteira de um homem...?"

(Fiódor Dostoievski)

Não! Não basta! Nossa busca é incessante...caso não fosse, morreríamos! O ser humano precisa estar sempre a busca de algo...o desejar nos torna sãos...sem isso, nossa vida  fica inerte num vazio estarrecedor.
Lógico que viver de felicidade plena constantemente já é utopia. Mas um minuto de felicidade pra quem nunca teve nenhum é como terra de cego... quem tem um olho é rei! Mas temos memória curta para sensações. Queremos renová-las, sempre. E imagine o quanto este minuto de felicidade vivido no passado não deve pesar para quem está vivendo o absoluto oposto no presente... Será que, nestas condições, alguém teria o desprendimento  de alegrar-se pensando que é infeliz hoje, mas que foi feliz no passado?


4 comentários:

Fernanda Paranhos Merazzi disse...

Olá Karina!
Obrigada pela visita!
Seu blog também viu... É lindo! Seguindo com certeza!
Abraços!

SURPRESAS DA VIDA disse...

Oi não te achei aqui nos meus seguidores Beijos

Jeh Pagliai disse...

Olá :)

Acho que, não existe ninguem que nunca tenha vivido vivido nem que seja um segundo de felicidade. Nem que tenha vivido apenas de tristezas!

Beijinhos

---
www.jehjeh.com

Yes disse...

O utopismo esta presente nas pessoas, isso faz com que essa busca incessante se torne mais forte, mas isso é bom pois gera esperança e forças para atingir um objetivo.
www.yescabelo.com