O Despertar de um sonho

O Despertar de um sonho

DESPERTARAM

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Farpas de amor

" Só uma coisa a favor de mim eu posso dizer: nunca feri de propósito. E também me dói quando percebo que feri. Mas tantos defeitos tenho. Sou inquieta, ciumenta, áspera, desperançosa. 
Embora amor dentro de mim eu tenha. Só que não sei usar amor: às vezes parecem farpas." 
(Clarice Lispector)


      Muitas vezes nos deparamos com situações em que passamos uma imagem contraria da qual realmente somos, pensamos ou sentimos. Desabafar agonias, apatias, alegrias e outros sentimentos pode ser muito difícil se escolhermos as pessoas erradas para nos ouvir, tanto quanto se escolhermos  tranca-las dentro de nos. O melhor que se tem a fazer é permitir que os sentimentos estravassem ou pelos olhos, pela boca ou pelas mãos. Farpas, cortes, sangue, dor, medo e brasas também fazem parte do amor, e sempre haverão pessoas que irão se encantar com todas essas fagulhas e inquietudes.
      A muitos  que acreditam na teoria de  que só se odeia alguém que se ama, ou seja, quando se encontra no objeto odiado muito daquilo que se deseja ou se gostaria de ser ou ter. Seguindo essa linha o "invejado", não é odiado e sim muito amado, por tudo aquilo que se tem. 
Da mesma forma é o amor: ele se preocupa, se isola, se tortura, se exalta, se inflama. Somente o descaso e desprezo identificam um desamor.
      Não existe sentimento que de vez em quando não solte algumas faiscas. Ame sem medo, desapegue-se dos pormenores, esqueça a ausência de pingos nos is, e as pessoas que querem te ensinar o que é o amor. Amor não é gramática, matemática e muito menos uma ciência. Cada um ama a sua maneira, a melhor que se tem .
E não esqueça que ate mesmo farpas são capazes de incomodar.

28 comentários:

Mia disse...

A Clarice é sem dúvida perfeita e inspiradora. Gosto, particularmente,do livro a hora da estrela.

Seguindo
http://mundofabulosodamia.blogspot.com/

Maíra Cintra disse...

Belissimo... parabéns

Dani Amorim disse...

Musa inspiradora.

Diogo disse...

Gostei bastante da frase da Clarice e sua interpretação sobre ela. Parabéns!

Twilight Saga - Staff disse...

amei *-*
http://ourvariations.blogspot.com

Jajá disse...

Clarice é imortal... seu poste traduz o q ela escreveu com tanto sentimento...

www.jaylsonbatysta.blogspot.com

RehSantos disse...

Não poderia se inspirar melhor do que na Clarice né?
Poxa,muuito bacana seu texto.
Acho que deixa bem claro que não tem como amar e não sofrer,que o amor é uma coisa bom mas tem suas consequencias,sempre tem aquela de alguém ceder,e sempre alguem se machuca,e ai que fica a pergunta se o amor é capaz de salvar as pessoas ou torna-las cheios de ódio como tem sido nos dias de hoje...

Gostei do texto. ;)

Se puder retribuir,
passa lá. http://migre.me/69Bfx

Van Pontos da Beleza disse...

Muito bom o texto! Ame e Ame sempre!! O sentimento mais bom de sentir do mundo eh o amor!

Mia Sodré disse...

O amor, na maior parte das vezes, é caracterizado por uma farpa que incomoda pra caramba, mas que sem ela faz com que nos sintamos incompletos.
Temos de exteriorizar nossos sentimentos de alguma forma - seja verbalmente, fisicamente ou através de textos, como esse que você escreveu.
Adorei - assim como todos seus outros textos.
Bjo.

http://miasodre.blogspot.com/

palavras ao vento disse...

belas palavras,,,texto muito bom de se ler...e refletir...

dacyele disse...

bom texto amo a clarice lispecto bjokasss
http://www.dicasdadacy.blogspot.com/

Aumente as visitas em seu Blog disse...

vi seu blog na comunidade, parabéns ele é muito bonito e bem feito, já estou seguindo.
aguardo visita em meu blog, tem uma dica legal pra vc.
http://www.aumentetrafegosblog.blogspot.com
sucesso.

M. Helena Lira disse...

Ainda não ensinaram regras na arte do amor. Nesse caso,o coração ainda continua sendo o melhor professor...

Belo texto! Parabéns pelo blog ^^
Estou seguindo. Retribui?

O Puro Cheiro da Morena Flor

Beijos

Guilherme Lombardi disse...

Muito bom o seu texto e a frase de Clarice acompanhando. Parabéns pelo blog

Cicero Edinaldo disse...

a frase da Clarice é linda! o seu texto é muito bom também. As vezes ao inves de darmos um amor pleno, damos farpas q ferem os outros e nos ferem tambem.
--

blogestarcomvoce.blogspot.com

Preguiça alheia disse...

Parabéns pelo blog.. show de bola.

Abraço,
PREGUIÇA ALHEIA
____________________
www.preguicaalheia.com

Aline Diedrich disse...

Como cantou o grande Renato Russo: Tem gente que machuca os outros. Tem gente que não sabe amar.

Filipe Dias disse...

Bom texto, em partes é verdade mesmo, pessoas só odeiam o que não possuem, de resto seria indiferente.

Priscilla Fernandes disse...

Também aprecio mto Clarice. Aprendi a gostar quando ainda estudava pra me formar professora.
Ainda não perdi o olhar pra dentro das pessoas... embora isso se torne cada vez mais difícil. A solução pra isso? Amar verdadeiramente!!

Sucesso!!
Bj
Pri
www.mmdesaltoalto.blogspot.com

Lucas Adonai disse...

Muito legal ;D

Seria Estranho disse...

Eu fiquei plenamente apaixonada pelo seu texto... Clarisse que me perdoe, mas seu texto foi magnífico!
Você escreveu muito bem e... precisamos realmente nos desapegar.

Parabéns pelo texto, foi magnífico!
Possuo um blog sobre exatamente esses textos, então, vou deixar aqui os dois...

http://seriaestranho.blogspot.com/
e
http://rock-retro.blogspot.com/

Bruna Sversutti disse...

Amei...mto lindoo!!
Tbm gosto bastante da Clarisse.

Anderson J. disse...

Belo texto, muito bem elaborado!
nem tudo são flores, até o amor possui farpas!

comenta la:
http://errosxacertos.blogspot.com

Ravi Barros disse...

Sou fã da Clarice, ela sabe expressar bem sentimentos comuns a todos os seres humanos, em particular, nós mulheres. E sim, o amor muitas vezes machuca, na maioria das vezes na verdade.

• Ӗwerton Ľenildo. disse...

Belas citações e belo texto! Parabéns.
Seguindo aqui, adorei :D

http://papeldeumlivro.blogspot.com/

Angelus disse...

O Amor realmente não pode ser descrito por equações ou fórmulas. Ele simplesmente é sentido. E quem tentar entendê-lo não vai chegar a uma conclusão definitiva.
Quanto as farpas, elas são inevitáveis. E incomodam mesmo. Mas também nos ensinam e nos amadurecem.

Mudando de assunto, obrigado por seguir meu blog. É muito bem vinda sempre que quiser aparecer por lá. Até a próxima e um bom fim de semana.

Adriano Ferreira, CM disse...

como vc disse, em outras palavras, o amor nao tem regras nem fórmulas. como diria paulo mendes campos, "o amor acontece, e pasmem, também acaba"...

let it be...

Samira Machado disse...

Mais um texto lindo aqui. Parabéns!

thebookofmydreams.blogspot.com